Secretaria Municipal de Saúde JP inicia programação alusiva ao Outubro Rosa nesta sexta

Fonte: Prefeitura Municipal de João Pessoa - SMS

Crédito: Dayse Euzebio/PMJP

Sensibilizar a população feminina para a prevenção do câncer de mama e câncer de colo do útero, esse é o objetivo do Outubro Rosa, que acontece há mais de 25 anos. Em alusão à campanha, a Secretaria de Saúde de João Pessoa dará início nesta sexta-feira (1°) a programação de atividades que acontecerão ao longo do mês.

A abertura acontecerá a partir das 7h no Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI), que neste ano passou a ser referência no atendimento de mastologia. Na ocasião, em parceria com a ONG Amigos do Peito, será realizada uma caminhada em direção à Praça da Independência, onde acontecerá uma aula de alongamento com um profissional de Educação Física junto a uma caminhada ao redor da Praça. Ao retornar ao HMSI, um café da manhã com frutas, sucos e alimentos leves será ofertado.

“A adoção de hábitos saudáveis, com dieta equilibrada e práticas de exercícios reduz em até 30% o risco de câncer de mama. Vamos começar esse mês de prevenção estimulando essa vida mais leve e saudável que beneficia de inúmeras formas”, explica a médica mastologista e coordenadora da Saúde da Mulher, Joana Barros.

Ao longo do mês, o tema será amplamente debatido nos serviços da rede municipal. A programação do Outubro Rosa contará também com a realização de um Pedal, Mutirão de Atendimentos, lançamento de livro, corrida, além da realização de atividades nas Policlínicas, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Unidades de Saúde da Família (USF).

A programação é uma realização da Secretaria de Saúde, por meio da Área Técnica da Saúde da Mulher, em parceria com a ONG Amigos do Peito, Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional Paraíba, Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Instituto Poderosas em Ação, Fórum de Mulheres de Negócios da Paraíba, Mulheres do Brasil – Núcleo João Pessoa.

Programa de Atenção Especializada da Saúde da Mulher – Mesmo com uma vasta programação para o mês de outubro, a Secretaria Municipal de Saúde dispõe de uma assistência integral à saúde da mulher durante todo o ano.

Além da realização de exames de mamografia no mês do aniversário, para mulheres residentes em João Pessoa com idade entre 40 e 70 anos, a Prefeitura conta com o Programa Municipal Permanente de Atenção à Saúde da Mulher.

“O Programa qualifica e implementa a atenção integral a saúde da mulher de forma permanente nos 12 meses do ano e não apenas no mês de outubro. A implantação desse serviço constitui um impactante avanço na celeridade e definição diagnóstica da patologia de mama, dessa forma, a população feminina de João Pessoa já pode contar com uma assistência à saúde continua e diferenciada realizada por especialistas e nosso objetivo é aprimorar cada vez mais esse fundamental cuidado com a saúde da mulher”, destaca a coordenadora da saúde da mulher, Joana Barros.

Dentro do Programa será ofertado:

– Centro de referência em mastologia composta por equipes de seis mastologistas com atendimento de consultas e cirurgias;

– Ultrassonografistas com dedicação exclusiva e qualificada ao diagnóstico por imagem da mama e realização de 500 exames mensais;

– Mastologistas com experiência em procedimentos intervencionistas guiados por imagens, realizando biopsias percutâneas de agulha fina (PAAF) e por agulha grossa (Core), com oferta de 60 procedimentos intervencionistas mensais;

– Centro de Referência em Ginecologia com cinco ginecologistas que realizam cerca de mil consultas mensais

Câncer de mama – O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima mais de 625 mil novos casos de câncer neste ano, no Brasil, entre os quais, 66 mil de mama.  De acordo com a Agência Internacional para a Investigação do Câncer, da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2020 foram diagnosticados mais de 2,2 milhões casos de câncer de mama, 11,7% do total, sendo o que mais pessoas atinge no mundo. Os diagnósticos da doença no ano superaram o câncer de pulmão, que até então afetava o maior número de pessoas. O câncer de mama é uma doença silenciosa, sendo o tipo mais frequente de entre as mulheres brasileiras.

  • Texto: Rebeka Paiva
    Edição: Katiana Ramos
    Fotografia: Arquivo/SECOM (Gilberto Firmino)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome aqui