Coronavírus suíno pode infectar humanos, alerta estudo

Vírus que causa diarreia em porcos tem potencial de replicar nos pulmões e intestino humanos. Por Catraca Livre

Crédito: Yuttana Srimongkol/istock Coronavírus suíno tem poder de infectar humanos, segundo estudo

Um estudo publicado na revista científica PNAS descobriu que um tipo de coronavírus que infecta suínos pode também infectar humanos e representar uma ameaça à saúde pública mundial, com potencial pandêmico.

O vírus identificado como SADS-CoV provoca diarreia aguda nos porcos, em muitos casos, de forma letal. Acredita-se que o patógeno tenha se originou em morcegos e, posteriormente, tenha infectado rebanhos suínos na China e em outros países.

Em humanos, segundo observado em laboratório, o vírus consegue se reproduzir de maneira eficiente em células dos pulmões e intestinos.

Ainda de acordo os autores do estudo, os trabalhadores da suinocultura apresentaram níveis elevados do vírus no sangue, e por isso “o monitoramento rigoroso das populações humanas, especialmente dos trabalhadores da indústria suína, deve ser implementado com urgência”.

O estudo destaca os riscos dos vírus cruzarem a barreira das espécies para os humanos, especialmente em regiões densamente povoadas da China, onde milhões vivem perto de fazendas, criadouros, matadouros e mercados úmidos.

Além da ameaça à saúde, os pesquisadores ressaltam que surtos dessa doença têm o potencial de causar estragos econômicos em muitos países que dependem da indústria de carne suína.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome aqui